Ritz Carlton Hotel image

Planejamento de sua viagem

rcBreakText rcBreakWhiteText

Talvez nada possa preparar você para as incríveis vistas, sabores e experiências desta cidade, mas uma lista completa do que levar lhe ajuda a começar.

Ritz Carlton Hotel image
Ritz Carlton Hotel image
O que levar

Ao colocar sapatos na bagagem, lembre-se de que você os tirará com frequência, especialmente em ryokans, templos e restaurantes. Traga pares fáceis de calçar e tirar e deixe as botas de cadarço e as sandálias de tiras em casa.

 

Viagem a negócios

Ao fazer negócios em Tóquio, ter uma aparência elegante e profissional é um requisito — e um sinal de respeito.

  • É costume trazer um pequeno presente para uma reunião para mostrar sua gratidão pelo tempo da pessoa. Escolha algo que tenha um significado especial para sua cidade ou país.

  • Embora o traje de trabalho seja certamente conservador, durante os meses úmidos de verão, os homens geralmente ficam sem paletó e gravata para se refrescar.

  • Muitos restaurantes japoneses exigem que você tire os sapatos antes de entrar, então leve apenas seus melhores pares de meias.
Passeios de um dia

A localização central de Tóquio facilita a exploração da região. Basta uma viagem de trem-bala para chegar a muitos pontos turísticos.

  • Use sapatos confortáveis. Seja subindo o Monte Takao ou visitando os belos templos budistas em Kamakura, você provavelmente caminhará o dia todo.

  • Viaje com pouca bagagem e leve uma pequena bolsa para suas necessidades. A maioria dos transportes públicos oferece espaço limitado para guardar bagagens.

  • Não é à toa que a estação chuvosa do Japão é bem conhecida. Traga um guarda-chuva ou capa de chuva quando a previsão do tempo indicar que vai chover.
Noite chique

A cidade ganha vida quando o sol se põe, com restaurantes, bares e boates nas alturas iluminando a noite.

  • Vista-se para impressionar. Os homens e as mulheres de Tóquio sempre se vestem com elegância e estilo quando saem para passear pela cidade.

  • Traga acessórios. O estilo japonês é modesto e conservador, então bolsas, joias e sapatos adicionam estilo pessoal.

  • Lembre-se de que muitos restaurantes sofisticados seguem códigos de vestimenta rigorosos. Consulte o concierge para saber o que vestir.
Ritz Carlton Hotel image
Ritz Carlton Hotel image
O que reservar

Tóquio é a maior cidade do mundo, fazendo com que as opções de gastronomia, atrações culturais e atividades pareçam intermináveis. Segue o que reservar com antecedência para não perder o melhor que esta cidade tem a oferecer.

Tóquio tem os restaurantes com mais estrelas Michelin do mundo. Se você está procurando algo um pouco aventureiro, vá ao Usuki Fugu Yamadaya, um restaurante com duas estrelas Michelin especializado em fugu (baiacu). O chef Fumie Yamada tem 13 anos de experiência preparando o fugu potencialmente venenoso para uma refeição segura - e totalmente deliciosa. Como esperado, as mesas nesses restaurantes se esgotam rapidamente, tornando as reservas essenciais.

Não faltam museus em Tóquio, mas três estão localizados bem no distrito de Roppongi e formam o que é conhecido como o Triângulo de Arte de Roppongi: o Museu de Arte Mori, o Museu de Arte Suntory e o Centro Nacional de Arte, Tóquio. Os hóspedes do Ritz-Carlton podem reservar uma visita guiada personalizada a esses museus para obter uma visão íntima das coleções exclusivas de cada um.

No Japão, uma tradicional cerimônia do chá é uma experiência espiritual. Anos de treinamento, estudo e dedicação são necessários para preparar e servir matcha (chá verde japonês), mas o processo é muito mais do que apenas beber chá. É sobre o que o ritual simboliza — harmonia, respeito e tranquilidade. O Hinokizaka no The Ritz-Carlton, Tokyo oferece uma experiência relaxante de chá japonês em uma casa de chá japonesa de mais de 100 anos que oferece uma vista panorâmica de Tóquio. Para uma experiência mais autêntica da cerimônia do chá, entre em contato com o concierge.

Se você tiver a sorte de estar em Tóquio em janeiro, maio ou setembro, poderá participar de um torneio de sumô. O esporte nacional do Japão começou há 1.500 anos como uma apresentação para entreter as divindades xintoístas. Hoje, a luta de sumô mantém suas raízes religiosas, com treinamento e competição imersos em ritual e reverência. Embora cada luta dure apenas alguns segundos, a ação em ritmo acelerado o torna um evento único e emocionante que você não deve perder. Planeje com antecedência, pois os ingressos começam a ser vendidos um mês antes de cada torneio.

Ritz Carlton Hotel image
Ritz Carlton Hotel image
Itinerários
Manhã

Parque na vizinhança. Mesmo estando a poucos passos do animado Roppongi Hills, o Parque Hinokicho parece um santuário rural. Hinokicho significa cipreste, e muitos são encontrados no parque. Este é um ótimo lugar para começar o dia e fica a apenas três minutos a pé do hotel.

Meio-dia

Um grande palácio. A Casa Branca de Tóquio, o Palácio Imperial é o lar do chefe de estado cerimonial do Japão e sua família. Os parques que cercam o edifício são populares entre os locais tanto para se exercitar quanto para admirar as cerejeiras em flor.

Soba com maestria. Dentro do Honmura An, você pode ver os chefs trabalhando e abrindo a massa do macarrão soba até que esteja no ponto certo. O restaurante fica próximo do hotel e é um ótimo lugar para um almoço fantástico, com menu degustação.

Tarde

Um passeio no museu. O Centro Nacional de Arte realiza 10 exposições especiais por vez. A entrada é gratuita e as exposições podem variar de instalações peculiares de Yayoi Kusama a elegantes esculturas de Giacometti. O prédio, que parece uma onda de aço ondulante, foi projetado pelo aclamado arquiteto Kisho Kurokawa.

Uma autêntica massagem com rochas. Reserve uma massagem com pedras quentes no The Ritz-Carlton Spa, Tokyo. Um dos terapeutas talentosos fará uma massagem com pedras vulcânicas quentes em movimentos longos e relaxantes. Depois, aproveite a suíte de spa privativa, onde você pode relaxar na sauna a vapor com pedras de ametista.

Noite

Tempura sofisticado. O Tempura Kondo prova que o prato pode ser muito mais do que uma simples entrada. O restaurante com duas estrelas Michelin frita raiz de lótus, enguia e folhas de shiso, além do mais familiar camarão, alcançando uma crocância incomparável.

Manhã

Uma manhã sem complicações. Aberto das 7h às 22h, o Club Lounge no 53º andar oferece vista para o Monte Fuji e um farto café da manhã: iogurte da região de Hokkaido, queijos, omeletes feitos na hora e mimosas. Se precisar de roupas passadas, traga-as e elas estarão prontas em uma hora.

Meio-dia

Uma experiência cultural fora do comum. O Japão é o epicentro da comunidade mundial de videogames. Akihabara é onde os entusiastas se reúnem. Passeie pelos arranha-céus caleidoscópicos repletos de fliperamas e observe os fãs de anime em suas fantasias.

Ramen para o almoço. Muitas das melhores refeições de Tóquio requerem um pouco de espera, como é o caso do Ippudo Roppongi, que serve ramen excepcional e atrai moradores que fazem fila para provar o macarrão com consistência perfeita. Experimente o tonkatsu (costeleta de porco frita) para um caldo mais picante, e não se esqueça de pedir uma porção de gyozas fritos.

Tarde

Explore Daikanyama. O Daikanyama é um bairro central adorável, mas sem prédios altos e bastante tranquilo. Suas vielas pitorescas estão repletas de cafés e butiques sofisticadas, incluindo a Okura, onde quase todos os artigos da loja foram tingidos à mão com índigo usando métodos tradicionais.

Noite

Rock em Izakaya. Os japoneses são obcecados por música, como você pode ver no Tatemichiya, um izakaya (bar estilo tapas) com tema de rock 'n' roll. Saboreie dentes de alho grelhados, espetinhos de frango e almôndegas em um ambiente perfeitamente rústico com mesas de madeira e pisos tradicionais de tatame.

Uísque e baladas. Há três motivos para ir ao Bar Martha: o uísque japonês, as canções de jazz e rock antigas tocadas em um arsenal de caixas acústicas melodiosas e a pausa nas conversas. Conversar em um volume mais alto que é um sussurro é desaprovado, assim como o uso de telefones.

Meio-dia

Relaxe nos jardins. O Jardim Hamarikyu foi construído para um senhor feudal como residência e campo de falcoaria. Hoje, é um parque público sereno onde você pode passear entre lagoas de água salgada, nogueiras-do-japão e uma grande variedade de flores.

Passeie de balsa pela cidade. Pegue uma balsa no Jardim Hamarikyu para avistar a cidade ao longo do rio Sumida. O destino é Asakusa, um antigo bairro eclético onde muitas tradições ainda estão vivas.

Tarde
O templo mais impressionante de Tóquio. O antigo marco budista Senso-ji é o templo mais famoso, colorido e antigo da cidade. Dentro do vibrante templo vermelho, você pode relaxar no tradicional jardim contemplativo ou consultar um das barracas de oráculos para uma leitura divinatória.

Tarde de compras. Do lado de fora do templo Senso-ji, em um beco estreito chamado Nakamise Dori, você encontrará um clássico mercado de Tóquio com quase 100 lojas que vendem ótimas lembranças, incluindo quimonos. Se tiver sorte, pode até achar algum artigo do período Edo.

Noite

Sabor sensorial do momento. Aprecie uma nova interpretação da clássica culinária francesa com um toque japonês moderno e requintado no restaurante francês Héritage by Kei Kobayashi do hotel. O ambiente é cuidadosamente preparado para oferecer uma mistura criativa de uma experiência tradicional, os melhores ingredientes e uma visão inovadora única – tudo isso com uma beleza inigualável.

Manhã

Excelentes produtos de confeitaria. Os japoneses executam com maestria os métodos de confeitaria francesa. Entre as padarias renomadas está a Maison Kayser abaixo do The Ritz-Carlton, Tokyo, no shopping Midtown. Amostras são fornecidas, mas não deixe de provar uma das baguetes macias e saborosas.

Café, estilo escandinavo. Entrar na unidade de Tóquio da cafeteria norueguesa Fuglen Roasters é como entrar em uma pintura de Edward Hopper: área de estar vintage, madeiras escuras e iluminação perfeita. E o café – levemente torrado para realçar o sabor – é excelente.

Meio-dia

Um passeio no Parque Yoyogi. Sede das Olimpíadas de 1964, o Parque Yoyogi é fantástico para observar pessoas. Observe as animadas Harajuku Girls, os Rockabillies e uma infinidade de outras subculturas no extremo sul. Ao norte, um cenário mais tranquilo: árvores, lagoas e aluguel de bicicletas.

Gyozas saborosos.  O pequeno restaurante Anda Gyoza, incluído no guia Michelin, oferece uma versão atualizada e inventiva do prato tradicional. A cozinha acrescenta aveia torrada à massa e a recheia de gengibre, coentro e curry antes de moldar e cozinhar no vapor as delícias semelhantes a tortellini.

Tarde

Faça compras em Shibuya. As ruas movimentadas ao redor de Shibuya Crossing oferecem milhares de opções de compras. Os japoneses têm o dom de identificar as tendências do momento, o que você verá em todos os lugares, desde butiques voltada para o futuro até lojas vintage.

Sorvete extra saboroso. A Silkream serve cremia, um rico sorvete cremoso japonês feito com chantilly e leite da região de Hokkaido, no norte. É extra leitoso, quase como chantilly mais denso e servido com um biscoito fresco.

Noite

Um drinque só para você. O barman do aconchegante e suavemente iluminado Ben Fiddich pedirá que você escolha um destilado e passará 10 ou mais minutos queimando ramos, misturando ervas e procurando o licor vintage perfeito para aperfeiçoar a obra-prima que você vai beber.

Um ícone moderno. O mundialmente famoso Narisawa se destaca em pratos cuidadosamente selecionados com exuberante apresentação – pão que cresce na mesa enquanto você come sua refeição, uma deliciosa sopa feita com ingredientes do solo – e pratos saudáveis que agradam a todos, como cortes de primeira linha de carne Kobe. O menu de degustação leva cerca de três horas.

Manhã

Sushi, no café da manhã.  Nenhuma viagem a Tóquio está completa sem uma visita ao lendário e energético mercado de peixe Toyosu, o maior do mundo. As melhores cozinhas da cidade compram peixes aqui, assim como os restaurantes de sushi nas vielas. Enfrente a fila do Daiwa para obter pedaços de atum e charuteiro que derreterão na boca.

Passeie pelas barracas do mercado.
Após o café da manhã, visite as diversas barracas do movimentado mercado. Compre chás tradicionais, experimente mochi (bolinho de arroz pegajoso) e coma petiscos como polvo coberto com ouriço preparado na hora. Há muitas lojas de artigos domésticos que vendem souvenirs japoneses (como xícaras e hashis).

Meio-dia

Um excepcional templo budista. Visite o Templo Tsukiji Honganji, um feito arquitetônico belíssimo. As curvas intrincadas da construção são uma mistura de estilos budistas, hindus e islâmicos, que conferem uma aparência singular e um efeito calmante. Em seu interior, você pode ouvir o toque de grandes gongos.

Tarde

Lanches escondidos. O bairro de Ginza está repleto de lojas de departamentos sofisticadas. Faça compras em qualquer uma delas, como o shopping Mitsukoshi, e depois vá para o subsolo, um país das maravilhas de almôndegas de frango, tempura de camarão, macarrão soba macio, mochi e centenas de outros lanches deliciosos.

Chá da tarde. Todos os dias, das 14h30 às 16h30, o Club Lounge no 53º andar do hotel serve o chá da tarde – com vista para o Monte Fuji. O lobby também oferece uma divertida experiência de chá da tarde para crianças.

Um parque bem preservado. No meio do maravilhoso Parque Hinokicho, é difícil lembrar que você está a poucos passos do quarteirão mais movimentado de Roppongi. Leve as crianças ao parquinho, caminhe ao longo dos riachos e admire os jardins com vista para a antiga Tóquio.

Noite

Um autêntico jantar estilo teppanyaki. Peça para o concierge reservar lugares no íntimo balcão de teppanyaki de 10 lugares do restaurante Hinokizaka. O chef apresentará uma variedade de carnes de alta qualidade – escolha as suas favoritas e veja elas serem preparadas e grelhadas na sua frente.

Aventure-se em um pub de saquês. Com sua iluminação aconchegante e cadeiras de madeira com encosto alto, o Sasahana é o ambiente mais confortável para desfrutar desta bebida tradicional – é provavelmente por isso que está aberto há mais de 30 anos. Não deixe de provar o Daiginjo, o saquê mais premium do Japão.